O PODER DO PERDÃO Por Jesus, o Cristo.

Sun, 19 Jun 2016 13:05:35 +0000cristo-e-a-Luz

O perdão, ou capacidade de deixar passar as injustiças do passado, é a chave para o crescimento espiritual. Quando nos agarramos a velhas mágoas ou feridas, nós nos prendemos a uma vida governada por vibrações mais baixas, fadados a repetir os problemas do passado.

O perdão nos permite passar a níveis superiores e evoluir no crescimento espiritual.

A Iluminação pode ser atingida numa só vida, se o candidato estiver verdadeiramente disciplinado e motivado para a compreensão e para a sabedoria. A meta que todos procuram atingir é a sua purificação e fusão com o Eu Superior. Não conquistar essa vitória é a ÚNICA COISA que pode manter a pessoa isolada.

O perdão é a chave para purificar a alma e está no centro da transformação.

Tudo o que vibra menos que a Força de Deus, embora faça parte dessa força, é considerado como forma inferior, podendo ser descrito como “contaminado”. Para entrar em contato com o poder contido no Eu Superior, todas as formas inferiores de energia (incluindo os quatro corpos da humanidade) devem ser purificadas e elevadas à frequência coletiva da Força de Deus.

Emoções como raiva, ódio, inveja, ciúme, remorso, suspeita e até mesmo uma leve antipatia vibram em frequências mais baixas. Esses sentimentos servem para contaminar as pessoas, impedindo-as de realizar seu Pleno Poder e Potencial.

Geralmente o ego dá ouvidos a qualquer coisa que faça com que a pessoa se agarre aos sentimentos inferiores. Afinal, não ser pode esquecer que ele só vai conseguir governar se mantiver a pessoa presa nos reinos inferiores.

 

PERDOAR NADA MAIS É DO QUE DEIXAR PASSAR

A pessoa que age mal contra outra pessoa é considerada pela “vítima” como uma alma de qualidade menor. Mas nem sempre isso é verdade, pois tudo acontece na vida por dois motivos: dívidas cármicas e destinos dármicos. Os destinos dármicos incluem os Testes de Iniciação. A qualquer momento pode ocorrer uma situação que coloque a pessoa numa arena para o próprio avanço e aprendizado.

Como todas as almas devem ser fortalecidas na trilha da iniciação, é razoável concluir que todas devem ser testadas. Geralmente os testes chegam por meio de quem a pessoa menos suspeita, pois isso torna as lições ainda mais difíceis.

Há uma norma para esse nível de iniciação:

“Você pode saber que nível de mestria espiritual atingiu pelo nível do teste ou do oponente que tiver de enfrentar”.

A conclusão lógica é que quanto maior o teste, maior o mérito de quem é testado, pois o teste é um correlato direto do nível de mestria da alma. Então, dessa perspectiva, seu mais odiado “inimigo” ou “oponente” é seu maior amigo! Será que essa pessoa foi colocada em sua vida para ser seu maior professor, para lhe ensinar as lições que ainda não aprendeu? Sendo assim, não é a alma deste seu “inimigo” igual à sua?

As fraquezas percebidas no interior da alma, quando passamos por um teste, determinam as lições, aquilo que necessitamos transcender. As situações (experiências) fornecem a oportunidade de fortalecer a parte fraca da personalidade. E esses testes vão se repetir até que as lições sejam aprendidas; só que estes aparecem sempre com um novo rosto e cada nova situação traz lições dez vezes mais exageradas, oferecendo à pessoa oportunidades maiores ainda de praticar e aprender.

Assim, pense nos que agiram mal com você. Se suas ações serviram para elevar sua alma a um nível superior, eles estão entre os que vieram para servi-lo ou para prejudicá-lo? Quem perdoa o outro pelas ilusões, por mais intensas que pareçam, e penetra em si mesmo para assimilar as lições dos testes, avança muito mais depressa na direção da Luz.

Nenhuma ação alheia pode prejudicá-lo, a menos que você abandone seu poder. Ultrapassando todas as limitações e elevando-se acima da ilusão, não mais desperdiçará poder e a Luz vai protegê-lo e servi-lo.

Deixem tudo passar!

Quando renuncia às vontades do ego e não permite que os atos dos outros aprisione sua alma, a pessoa passa a um Estado Superior de consciência e liberdade, nunca antes experimentado. Quando experimenta o Perdão, um sentimento mais leve e feliz invade a consciência e a mente se abre a novas ideias. A mudança de consciência enche de novas ESPERANÇAS o coração e a alma. A capacidade que o coração tem para a CARIDADE é então ativada. Surge uma FÉ mais forte. Tudo está garantido. O Perdão, então, é a chave para compreender e experimentar os três antigos mistérios: FÉ, ESPERANÇA e CARIDADE.

 

Renunciem ao ódio e à raiva e agradeçam pelas lições e oportunidades de elevar à Luz a frequência vibracional da alma. Sem tal experiência, vocês nunca se autorrealizariam. Assim, amem seu oponente, por transformá-los nos Mestres que hoje são. Vejam em seu maior inimigo o seu melhor amigo, e alegrem-se por lhes terem sido enviados professores tão poderosos, pois eles os levarão ao Senhor.

 

 

Deixe um comentário