HO’OPONOPONO

 

 

          As emoções são geradas pelas memórias como reação a determinadas situações; uma maneira de controlar indiretamente as emoções seria reformulando memórias. Esse é um dos objetivos do Ho’Oponopono.

         O Ho’Oponopono é um processo de comunicação com a Divindade desenvolvido pela Kahuna Morrnah Simeona e tem por objetivo realizar uma petição à Fonte Universal para que aquilo que jaz dentro de nós, em nossas memórias, e que ocasionou situações aflitivas venha à superfície para ser liberado através da Energia do Perdão, resultando no desaparecimento da situação perniciosa e recorrente.

         Quando essa memória é liberada o espaço por ela ocupado se enche imediatamente com a Energia do Amor Universal.

         Quando você faz Ho’Oponopono, você neutraliza a energia dolorosa que você associa com pessoas lugares ou coisas, ficando uma nova página vazia onde você escreve novamente outra realidade, e a etapa final é a Divindade atuar e preencher essa página em branco com Luz Divina.

 

Em havaiano Hoo significa CAUSA e Ponopono significa PERFEIÇÃO.

        Através deste Processo temos a capacidade de voltar para o estado de Perfeição, de colocar novamente nossa página vivencial em branco, bastando apenas pedir à Divindade que aquilo que jaz dentro de nós, em nossas memórias, que nos causa problemas, venha à superfície para ser liberado.

Os Princípios do Ho’oponopono, conforme a Morrnah Simeona

        1. O universo físico é uma realização dos seus pensamentos.

        2. Se seus pensamentos são cancerosos, eles criam uma realidade física cancerosa.  

        3. Se seus pensamentos são perfeitos, eles criam uma realidade física transbordando AMOR.

        4. Você é 100% responsável por criar seu universo físico como ele é.

        5. Você é 100% responsável por corrigir os pensamentos cancerosos que criam uma realidade doente.

        6. Não existe lá fora. Tudo existe como pensamentos em sua mente.

     

       A prece a seguir é da Kahuna Morrnah Simeona. Ao se fazer o apelo ao Divino Criador estamos nos dirigindo à Divindade – o Divino Criador – que existe dentro de todas as pessoas.

 

“Divino Criador, pai, mãe, filho em Um…

Se eu, minha família, meus parentes e ancestrais lhe ofendemos, à sua família, parentes e ancestrais em pensamentos, palavras, atos e ações do início da nossa criação até o presente, nós pedimos seu perdão…

Deixe isto limpar, purificar, libertar, cortar todas as recordações, bloqueios, energias e vibrações negativas e transmute estas energias indesejáveis em pura luz…

Assim está feito.”

 


Como Praticar o Ho’oponopono

Texto do E-book Ho’oponopono O Portal, por Al McAllister

           O intelecto não dispõe dos recursos para resolver problemas, ele só pode manejá-los. E manejar não resolve problemas. Ao fazer o Ho’oponopono você pede a Deus, a Divindade, o Universo, o Tudo que Há, a Força Superior (conforme você concebe e entende essa Força) para limpar, purificar a origem destes problemas, que são as recordações, as memórias. Você assim neutraliza a energia que você associa à determinada pessoa, lugar ou coisa. No processo esta energia é libertada e transmutada em pura luz pela Divindade. E dentro de você o espaço que foi liberado é preenchido pela luz da Divindade.

           Então, no Ho’oponopono não há culpa, não é necessário reviver sofrimento, não importa saber o porquê do problema, de quem é a culpa, sua origem. No momento que você nota dentro de si algum incômodo em relação a uma pessoa, ou lugar, acontecimento ou coisa, inicie o processo de limpeza, peça a Deus:

“Divindade, limpe em mim o que está contribuindo para este problema.”

           Então use as frases desta sequência: “Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.” várias vezes, você pode destacar uma que lhe toca mais naquele momento e repeti-la. Deixe sua intuição lhe guiar.

          * Quando você diz “Sinto muito” você reconhece que algo (não importa se saber o que) penetrou no seu sistema corpo/mente. Você quer o perdão interior pelo o que lhe trouxe aquilo.

ATENÇÃO: Como explicado logo abaixo*, deixe de usar se a condição piorar em vez de melhorar.

         *Ao dizer “Me perdoe” você não está pedindo a Deus para te perdoar, você está pedindo a Deus para te ajudar se perdoar.

         * “Te amo” transmuta a energia bloqueada (que é o problema) em energia fluindo, religa você ao Divino.

         * “Sou grato” é a sua expressão de gratidão, sua fé que tudo será resolvido para o bem maior de todos envolvidos. A partir deste momento o que acontece a seguir é determinado pela Divindade, você pode ser inspirado a tomar alguma ação, qualquer que seja, ou não. Se continuar uma dúvida, continue o processo de limpeza e logo terás a resposta quando completamente limpo. Lembre-se sempre que o que você vê de errado no próximo também existe em você – memórias que compõe o ego julgando, portanto toda cura é auto cura. Na medida em que você melhora o mundo também melhora. Assuma esta responsabilidade. Ninguém mais precisa fazer este processo, só você.

*Observação: O uso da frase “Sinto muito” precisa ser revista após um tempo de prática, a indicação de se deixar de utilizá-la geralmente é quando as coisas parecem piorar.

 

        Com tempo fica claro que há dois efeitos possíveis ao se aplicar o “Sinto muito” sem a devida atenção:

        1. A frase exacerba a situação indesejável, reforçando o sentimento que sustenta o cenário que se deseja mudar. Portanto nada muda, ou até piora. É por causa disso que muitas pessoas deixam de lado o Ho’oponopono, pois utilizam da sequência das frases como mantra, sem se dar conta de que cada frase tem uma assinatura vibracional. E o “Sinto muito” pode se sobrepor às outras, naturalmente.

         2. A frase “Sinto muito” é aplicada como arrependimento por algo feito, sentido. Neste caso a Limpeza procede como pedido de perdão e a condição melhora.

 

 

   Oficinas bimensais: Jornada de Purificação com o Processo Ho’Oponopono

         O objetivo desta Oficina é realizar um trabalho prático, grupal e intensivo sobre as memórias da mente subconsciente responsável pelas  situações aflitivas escolhidas para serem resolvidas.

         A preocupação não é de procurar as causas dos problemas, mas sim dissolver enredos antigos gravados na mente subconsciente, preenchendo-a com Luz Divina, para uma vida satisfatória e desimpedida daquelas situações.

        A duração é de 2 horas, em que temos uma parte explicativa do Processo, seguida da prece/pedido à Divindade para esvaziar memórias e a meditação na Matriz Divina, com afirmações criando uma nova realidade.

      A quem se destina: a pessoas que desejam que sentem a necessidade de purificar e transformar a si mesmos e as circunstâncias em que vivem, e se proporcionarem mais entendimento, leveza, tranquilidade e alegria repercutindo o bem-estar na sua vida, seu trabalho e relacionamentos, beneficiando seus familiares e amigos.

Data: 05 de setembro, quarta, das 19 às 21h 

Valor de troca: R$ 20,00 

Coordenação: Teresa Batista

       Teresa Batista é terapeuta holística, consteladora e professora.

       Há mais de 20 anos vem atuando nas áreas de Terapias e Espiritualidade. Desde 2007 pesquisa e pratica o Ho’Oponopono, conseguindo grandes mudanças e resultados satisfatórios em sua vida. Desde então, vem realizando as Jornadas de Purificação com o Processo Ho’Oponopono.

      Coordena o Núcleo Chama Trina da Consciência da Libertação Espiritual, uma Escola iniciática da Grande Fraternidade Branca Universal, criada em 2006, que se destina a difundir e praticar os ensinamentos dos Mestres e Seres Cósmicos da Grande Fraternidade Branca Universal, onde realiza Práticas espirituais e terapêuticas que visam o desenvolvimento e a transformação do ser.