Do Livro de Ouro de Saint Germain – discurso VII:

Tue, 17 Jan 2017 14:04:36 +0000Saint-Germain

Frequentemente o pensamento do discípulo é o seguinte: “Ora, há muito tempo venho mantendo esta ideia que, entretanto, não se manifesta, não dá resultado”. Isso é a prova positiva de que em algum lugar da consciência do individuo havia uma dúvida oculta, possivelmente ignorada por ele.

Declaro-vos que, seja qual for a aparência exterior, se prosseguirdes com determinação firme pedindo a qualidade, a condição ou as coisas que desejardes, e se continuardes sem vacilação a solicitá-las com o mesmo empenho, tais solicitações encontrarão expressão no vosso uso, indubitavelmente. Nunca será demais insistir na necessidade de vos manterdes sempre em guarda a esse respeito, porque o externo, quando tiverdes tentado obter uma coisa durante algumas horas, dias ou meses, e ela pareça não ter surgido, começa imediatamente a dizer: “Não adiante, se tivesse de produzir resultado já o teria feito, nesse espaço de tempo.”

 

PresençaEUSOU

O fracasso será absolutamente impossível quando tiverdes posto em ação o Poder do EU SOU – Deus em vós – para executar um determinado propósito, se o sustentardes com determinação inabalável. Vi, muitas vezes, discípulos se aproximando de admiráveis realizações, de maravilhosa Vitória e Liberdade, e quando essa atitude externa de “ainda não ter realizado” entrava precipitadamente, atraía-lhes a atenção de tal forma que ou lhes retardava grandemente o progresso ou lhes fechava a porta por tempo indeterminado.

Os discípulos deveriam obrigar-se a ter sempre na mente esta Verdade: quando o Poder da Presença EU SOU põe-se em movimento, não pode falhar em Sua Realização, da mesma maneira que o Universo não pode cessar sua atividade. Falhar esta Poderosa Presença EU SOU em Sua Realização, é como se o Universo fosse instantaneamente arremessado no caos. Tal é a Certeza e o Poder da realização do EU SOU. Simplesmente não pode falha, a não ser que o externo se introduza obstruindo o caminho.

 

Deixe um comentário