OUTRAS ABORDAGENS ASTROCONSTELA

DINHEIRO

ROMPENDO COM O VOTO DE POBREZA

Problemas de dinheiro, relacionamentos sufocantes, ou falta de iniciativa indicam que, provavelmente houve a adoção de um voto de pobreza, castidade ou obediência por parte do indivíduo em algum momento de suas vidas, ou qualquer de seus antepassados.

A questão da pobreza é um fato histórico, incorporado ao cristianismo como uma virtude. A história conhecida do cristianismo mostra que os primeiros cristãos, não eram pessoas abastadas, bem ao contrário, eram pessoas humildes. Assim, introduzido no inconsciente coletivo, o cristianismo inicia-se com a noção de pobreza: os seguidores do cristianismo eram pobres.

Uma vez que o voto era assumido como uma virtude cristã, ele ficava armazenado na mente subconsciente que, ao contrário do cérebro físico, sobrevive à morte e reencarna a cada nova vida.

A fim de que haja libertação das cadeias invisíveis da limitação autoimposta, mais cedo ou tarde todos os votos obsoletos precisam ser liberados.